quinta-feira, 27 de julho de 2017

📱 Desenvolvedor cria lista com apps do Google Play que ninguém deveria instalar

O Google Play é a alma do Android. É ele que faz o sistema ser tão especial, com tantos aplicativos interessantes e úteis. 

Infelizmente, porém, a falta de controle do Google sobre o que os desenvolvedores publicam também abre espaço para que muito lixo seja disponibilizado na loja.

Um desenvolvedor, usuário do Reddit, percebeu a situação e achou que a melhor forma de lidar com o problema seria criando uma “lista da vergonha” para denunciar os aplicativos que adotam práticas negativas. 

A lista está disponível no site Android Blacklist, neste link.

Todos os itens listados no site incluem ao menos uma das características negativas apontadas abaixo:
  • Anúncios intrusivos: o app usa muita publicidade, tem uma ética incorreta para anúncios ou coloca anúncios onde não devia, como na tela de bloqueio;
  • O aplicativo não faz o que promete ou simplesmente não faz nada;
  • Problemas de privacidade: o app rouba seus contatos, monitora você ou faz alguma coisa que infringe sua privacidade de uma forma que não devia;
  • O aplicativo instala vírus no celular ou funciona como Trojan para permitir a entrada de outros vírus;
  • O aplicativo exige root desnecessariamente para funções que não precisam disso;
  • Permissões questionáveis, como um editor de texto que pede acesso aos seus contatos;
  • Desenvolvedores com histórico suspeito.
Até o momento a lista é curta, mas representativa. Ela abrange aplicativos bastante conhecidos como o TrueCaller, apontando a prática de coletar todos os seus contatos para funcionar como identificador de chamadas e a suspeita de que a empresa estaria vendendo dados pessoais, e o ES File Explorer, um dos mais populares gerenciadores de arquivos do Android pelos seus anúncios invasivos.

Enquanto a lista publicada ainda está pequena, a lista de apps que devem ser publicados em breve já está grande. Ela está disponível nesta planilha do Google Docs, que também mostra quais são os “crimes” cometidos por cada um dos apps, embora sem riqueza de detalhes.

0 comentários:

Postar um comentário

Niterói Digit@l agradece a sua participação.